fbpx

Omissão masculina – Parte 2 | Família

Devocional

Omissão Masculina não foi um problema apenas em Adão, mas que se perpetua pelo livro de Gênesis. Entenda mais.

Hoje eu quero dar continuidade ao tema Omissão Masculina.

Já falamos anteriorimente sobre a omissão masculina no caso de Adão, mas esse não foi um problema apenas de Adão.

Perceba que o problema vai acontecendo ao longo da narrativa de Gênesis, quando muitos homens se envolvem em problemas e escolhem o silêncio, a omissão e a negligência no lugar da fala.

A omissão de Abraão

Eu queria que você pensasse nisso, Abraão por exemplo é um caso logo ali pertinho de Adão.

Ao invés de confiar em Deus e em sua promessa de dar a eles um filho, e que através deles seriam abençoadas todas as nações da terra, Abraão resolveu atender à sugestão de Sara.

A sugestão de Sara era que Abraão se relacionasse com a sua serva e através de Agar pudesse dar um jeitinho na promessa de Deus, porque Sara era estéril, ela não tem como ter filhos.

Abraão simplesmente obedeceu e calou. Abraão sabia do que Deus tinha falado para ele, mas silenciou. Eu queria que você percebesse as semelhanças entre Abraão e Adão. Ambos foram passivos, embora eles soubessem que estava errado o caminho que estava sendo tomado, eles ouviram aquelas mulheres.

A segunda coisa semelhança da relação entre Adão e Abraão é que Eva deu fruto para Adão e Sara deu a serva para Abraão. Ambas deram algo e deveria ter sido rejeitado por ambos.

Outro caso é exatamente o de Abraão e Isaque, que arriscaram a vida de suas esposas oferecendo elas a reis estrangeiros.

Eu penso que hoje muitos homens também fazem isso, sacrificam as suas esposas exatamente pela covardia.

Eu quero voltar para Adão mais uma vez porque a interpretação de que Adão não estava presente na tentação com Eva tem permitido que homens culpem as mulheres por seus problemas atuais.

A grande pergunta é: o que acontece quando os homens se esquecem de Deus e se calam, são omissos? Eu penso que uma única palavra resume tudo: tragédia.

Nós nos revoltamos com o primeiro pecado. Pensamos: “Adão, por que você fez isso? Tudo que nós estamos enfrentando hoje é culpa do que você fez lá atrás”

Mas é impressionante que nós não paramos para observar que dia após dia nós tomamos a mesma atitude de Adão. Nós simplesmente silenciamos e nossas famílias estão vivenciando tragédias pelo silêncio masculino nas relações.

O silêncio é letal

No início de Gênesis algo fica muito evidente: havia trevas na escuridão mas em determinado momento houve uma fala, uma intervenção e a luz foi criada, as árvores foram criadas, animais foram criados – e a Escritura diz que tudo pela palavra do Seu poder.

A fala toma uma parte muito importante do relato de Gênesis. Entenda isso à luz da sua família, na sua casa, quando você silencia, muitas vezes as trevas permanecem, a escuridão perdura.

A sua fala é importantíssima porque no enredo de Gênesis, a fala tem uma função preponderante de criação de mudança de situações. A fala na sua casa, com a sua esposa tem um papel preponderante nas relações do seu lar, na sua família.

Nunca esqueça: o silêncio de Adão ocasionou a tragédia que nós enfrentamos hoje. O seu silêncio pode ser a tragédia que talvez sua família enfrente daqui alguns dias.

Não cale diante dos erros. Não cale diante do pecado. Intervenha, fale, porque se não o fim pode ser trágico.

Que Deus nos abençoe a sermos homens bíblicos, que possamos intervir e cumprir o nosso papel junto à nossa casa, cumprindo as responsabilidades que o Deus eterno, sábio, perfeito, deu a cada um de nós.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Esboços Relacionados

No results found

Menu