DevocionalSalmo 51

Uma revolução total | Devocional no Salmo 51:14-17

Por 19 de julho de 2018 0 Comentários

“Livra-me dos crimes de sangue, ó Deus, Deus da minha salvação, e a minha língua louvará altamente a tua justiça. Abre, Senhor, os meus lábios, e a minha boca entoará o teu louvor. Pois não desejas sacrifícios, senão eu os daria; tu não te deleitas em holocaustos. Os sacrifícios para Deus são o espírito quebrantado; a um coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus.” (Salmos 51:14-17) 

Muitos não têm noção do que significa ser uma nova criatura em Cristo! Muitos pensam que é somente mudar de religião, mudar de estilo de vida e etc. Na realidade é mudar de estrutura! Mudar do velho Adão caído para o novo Adão que é o Cristo ressurreto! É mudar no íntimo do nosso ser e de fato inclinar-se para aquilo que nunca fomos antes em nossas vidas de velhas criaturas! Isto tudo acontece pelo poder do sangue de Cristo derramado na cruz e que por meio da fé neste sangue podemos assumir esta nova posição em Cristo.

Por este motivo a principal área afetada em nossa vida é a adoração. A bíblia nos ensina que o maior mandamento de todos é amar a Deus sobre todas as coisas e isto de fato é o grande problema do homem longe de Deus. O homem longe de Deus não é um adorador do Senhor mas um adorador de si mesmo ou de ídolos que ele mesmo fez em sua imaginação e joga neles toda suas forças e esperança.  

 

Mecanismo do pecado

O mecanismo do pecado começa quando deixamos que em nosso coração outro tome o lugar do Senhor e nos mova em direção as suas satisfações. Cumprimos as vontades deste ídolo e começamos em nossos pecados, um ritual de adoração a eles e nos afastamos do propósito da criação de Deus que é adorarmos ao Santo, Santo, Santo. Mas quando o Senhor toma conta de nossas vidas e o Espírito nos preenche da satisfação no Senhor como vimos nos devocionais anteriores então renovamos nosso compromisso com a verdadeira adoração e por isso podemos entender o que é dito por Cristo:

“Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade.” (João 4:23,24).

Estes são os que renovaram seu compromisso de adoração ao que merece toda a adoração e por isso conseguimos compreender que um coração perdoado e que está em comunhão plena com o Senhor também adora em espírito e em verdade: 

“Livra-me dos crimes de sangue, ó Deus, Deus da minha salvação, e a minha língua louvará altamente a tua justiça. Abre, Senhor, os meus lábios, e a minha boca entoará o teu louvor. Pois não desejas sacrifícios, senão eu os daria; tu não te deleitas em holocaustos. Os sacrifícios para Deus são o espírito quebrantado; a um coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus.” (Salmos 51:14-17) 

Coração quebrantado

Você tem vivido com o verdadeiro sacrifício desejado pelo Senhor, que é o coração quebrantado diante do Santo dos Santo? Ou você tem assumido uma vida de religiosidade e sacrifícios vazios sem reflexo de vida com Deus?  

Este salmo nos apresenta um processo de restauração claro: Restaure sua vida primeiro diante do Senhor reconhecendo teu pecado, tua natureza caída e tua necessidade de purificação que só vem do Senhor e não de suas próprias obras, depois deixe que o Espírito te revista do poder de testemunhar e então por fim adore com um louvor que agrade ao Senhor vindo de um coração quebrantado e contrito! Este é todo o processo deste salmo! Que possamos compreender isto e viver uma vida de relacionamento profundo com nosso Deus! 

Deus nos abençoe e até a próxima!     

Lázaro Layson

Lázaro Layson

Pastor Lázaro Layson, Vocacionado por Deus para pastorear a Igreja Batista da Graça, Bacharel em Teologia com especialização em Pregação Expositiva e Aconselhamento Biblico, Chamado a ser sal da terra e luz do mundo como Consultor Empresarial e Professor com Bacharelado em Engenharia Mecânica e Especialista em Gestão de Projetos. Casado com Michelly Suellen e pai de Sarah, Lazaro Filho e Samantha Abigail.

Deixe seu comentário