Em nossa primeira lição, aprendemos que Deus, embora Uno, jamais esteve só. As três pessoas da trindade – Pai, Filho e Espírito Santo – sempre existiram como uma comunidade.

Assim como Deus é uma comunidade, o homem, criado à sua imagem, foi inventado por Deus para viver em comunidade. O pecado causou uma grande ruptura, e desde então somos tentados a viver isolados de Deus e do próximo.

Quando cremos em Jesus, somos restaurados por Deus para viver novamente em comunidade com ele e com o próximo. E não só isso: Também somos inseridos na grande comunidade que ele está formando ao reunir todos os seus filhos ao redor de Jesus.

Essa nova comunidade formada pelas pessoas que confiaram em Jesus como seu Salvador é que chamamos de igreja.

Vejamos algumas afirmações e revelações que a bíblia faz sobre a igreja:

A IGREJA É A FAMÍLIA DE DEUS

Em Efésios 2:19, lemos:

“Portanto, vocês já não são estrangeiros nem forasteiros, mas concidadãos dos santos e membros da família de Deus.”

Por causa da morte de Jesus Cristo, nós que antes estávamos afastados de Deus e uns dos outros, somos unidos em uma grande família.

Nós não tínhamos direito de pertencer a esta família. Éramos inimigos de Deus por causa do pecado e estávamos condenados a viver eternamente longe dele. Porém em Jesus, nós que deixamos de ser filhos por causa da nossa maldade, fomos adotados por meio de Jesus. Veja Efésios 1.5:

“E, em seu amor, nos predestinou para sermos adotados como filhos, por intermédio de Jesus Cristo, segundo a benevolência da sua vontade”

Uma vez adotados nesta mesma família, somos todos filhos de um mesmo Pai e irmãos uns dos outros.

A IGREJA É O CORPO DE CRISTO

Em 1 Coríntios 1.27 está escrito: “Ora, vós sois corpo de Cristo, e individualmente seus membros”.

A expressão “corpo de Cristo” é uma das muitas metáforas que aparecem na bíblia para descrever o relacionamento da igreja com Jesus.

Dizer que a igreja é o “corpo de Cristo” significa que estamos unidos a Jesus de tal forma que o destino dele veio a ser o nosso destino, o Pai dele veio a ser o nosso Pai, a vida se tornou a nossa vida e a recompensa dele é agora a nossa recompensa.

Mas isso não significa que não estamos sujeitos a Ele. Em Efésios 1:22 está escrito que Deus Pai constituiu Jesus como cabeça da igreja e sujeitou todas as coisas a Ele. A igreja é o corpo de Cristo, não uma “mula-sem-cabeça”. Acima de nós está Jesus, Deus Filho e nosso Salvador.

Assim como a cabeça governa o corpo e o dirige para onde quer, assim também Jesus Cristo dirige a igreja, levando-a a fazer a sua vontade.

A metáfora do corpo também encerra outra verdade: A de que nós somos a representação física de Jesus neste mundo, e que Deus age no mundo através dos membros do seu corpo.

Assim, Jesus alimenta o pobre através da nossa mão, visita o doente por meio dos nossos pés, abraça o abatido com os nossos braços e ama nossa cidade através do nosso coração.

Ser o corpo de Cristo é um grande privilégio e uma grande responsabilidade que temos como filhos de Deus.

A IGREJA É UNIVERSAL E LOCAL

Como expressão universal, a igreja está em todo lugar onde os filhos de Deus estejam. Ela está simultaneamente nos Estados Unidos, no Camboja, na Coréia do Norte e no Japão. Ela está no céu (os cristãos que já morreram) e na terra (nós que ainda estamos aqui). Os sinais distintivos da igreja universal são a habitação do Espírito Santo e o sangue do seu Salvador.

Porém, como expressão local, a igreja está organizada em algum lugar do mundo onde os filhos de Deus se reúnem. Pode ser em uma casa, como nossos irmãos perseguidos do oriente médio ou as igrejas em “células”; em um clube ou um café, como as igrejas emergentes; ou em um templo destinado a este fim.

Nesta expressão local, existe um presbitério (pastores) que tem o cuidado do rebanho e a missão de pregar a palavra (1Tm 5.17), e membros locais que usam seus dons para servir a Deus e o próximo (1 Cor 12.7). É nela que que acontece a administração dos sacramentos (batismo e ceia), e que os membros são corrigidos e disciplinados (Mt 18.15-17).

Alguns cristãos defendem a ideia de que a igreja somente é universal, e que é errado chamar o lugar de reuniões de igreja. Mas o apóstolo Paulo, que foi usado pelo Espírito Santo para escrever 13 livros da bíblia, não teve nenhum problema em chamar o lugar das reuniões de Casa de Deus na carta que escreveu para o seu discípulo Timóteo:

“Mas, se tardar, para que saibas como convém andar na casa de Deus, que é a igreja do Deus vivo, a coluna e firmeza da verdade” (1 Tm 3.15).

Ele também escreveu uma carta para Filemom, e pediu que ele saudasse “à igreja que está em tua casa”. Filemom era um crente rico da cidade de Colossos, e anfitrião de uma igreja-casa naquela cidade.

A IGREJA É UM LUGAR DE INSTRUÇÃO E ADORAÇÃO

No Salmo 100:4 encontramos uma exortação a louvar: “Entrai por suas portas com ações de graças e em seus átrios com hinos de adoração; exaltai-o e bendizei o seu nome”.

Deus deve ser adorado em todo tempo, e na igreja nós fazemos isso principalmente por meio da música. Cantar músicas de adoração a Deus é uma prática que existe deste os tempos ancestrais dos hebreus. O próprio livro de Salmos é na verdade um grande hinário com antigas canções que o povo de Deus entoava.

No Novo Testamento também é possível identificar alguns cânticos que eram entoados pelos cristãos primitivos. Muitos teólogos acreditam que Filipenses 2.6-11, por exemplo, era um cântico de louvor e instrução que era cantado nas igrejas naqueles tempos.

Em Colosenses 3.16, lemos: “Habite, ricamente, em vós a palavra de Cristo; instruí-vos e aconselhai-vos mutuamente em toda a sabedoria, louvando a Deus, com salmos, e hinos, e cânticos espirituais, com gratidão, em vosso coração”

O mesmo texto que fala de hinos e cânticos, começa dizendo: “Habite, ricamente, em vós a palavra de Cristo”. O culto a Deus também é lugar de receber instrução mediante a pregação da Palavra ensinada pelo pregador.

A IGREJA É UM POSTO AVANÇADO DO REINO DE DEUS NA TERRA

A palavra igreja vem da palavra grega “ekklesia”, que significa “chamados para fora”.

Jamais foi o desejo de Deus que a igreja ficasse apenas trancafiada entre quatro paredes. Seu projeto sempre foi o mundo, como lemos nas últimas instruções do evangelho de Mateus:

“E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra. Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém”. (Mateus 28:18-20)

A igreja é hoje um posto avançado do Reino de Deus na terra. Como filhos de Deus e Corpo de Cristo, devemos nos envolver ao máximo na missão de Deus, amando nossas cidades e pregando o evangelho nelas, e levando nossos amigos para perto de Jesus.

 

PERGUNTAS

1. Como você se sente sabendo que faz parte de uma família que nunca vai se desfazer?

2. Deus é seu Pai. Como você se sente em relação a isso?

3. De que forma Jesus Cristo tem servido as pessoas através de você?

4. Como tem sido seu relacionamento com seu pastor e com os demais membros de sua igreja? Eles podem contar com você?

5. O que os momentos de louvor na igreja significam para você?

6. Quais mudanças a Palavra de Deus tem produzido na sua vida?

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe um comentário aqui
Por favor, coloque seu nome aqui