Devocional no Salmo 1, parte 3. Se deter no caminho dos pecadores
“Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.” - Salmos 1:1

“Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.” – Salmos 1:1

 

Aprendendo sobre a vida do homem feliz, bem aventurado, podemos entender que ele não vive segundo os padrões do mundo na busca pela felicidade. Para isso, ele precisa evitar três estilos de vida que o confrontam e tentam segui-lo das mais variadas formas.

Para ser feliz de verdade, ele precisa resistir a estes estilos de vida que prometem felicidade, mas não conseguem cumprir o que dizem de modo profundo e espiritual.

O que é se deter no caminho dos pecadores?

Primeiro, esse homem precisou identificar e fugir do conselho dos ímpios, agora ele se depara com o caminho dos pecadores diante dele. Vamos entender melhor o que seria isto.

O salmista diz que este homem bem-aventurado não deve se deter neste caminho, mas o que seria “se deter neste caminho”?

A tradução da bíblia NVI usa as palavras “imitar a conduta” e isto nos leva a entender um pouco mais do que o salmista quis dizer. Podemos nos aprofundar mais em nosso entendimento quando olhamos para o hebraico e vemos a palavra significando: Tomar a posição, manter-se no lugar ou viver como o outro vive resistindo e desejando a ser o outro.

Fica claro, então, que o homem feliz não deseja imitar ou ser o que ele não foi chamado para ser. Este homem não quer ser um pecador. Obviamente sabemos que todos somos pecadores e se dissermos que não pecamos fazemos Deus de mentiroso como no texto: “Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça. Se dissermos que não pecamos, fazemo-lo mentiroso, e a sua palavra não está em nós.” (1 João 1:8-10).

O pecado como um estilo de vida

Portanto, a grande questão aqui não está no fato de pecar, ou cometer erros que vão contra os valores de Deus. Mas, se tais pecados são cometidos de maneira intencional, ou seja, prática do pecado como um estilo de vida e tentar ser feliz assim.

Essa é a vida do pecador, alguém que ama o pecado e tenta preencher o seu vazio em uma vida de erros e desonra de seu corpo ou do corpo de outros. Mas esse estilo de vida não deve ser imitado pelo homem bem-aventurado.

O homem feliz de fato é o que não se mantém nesse caminho e estilo de vida. E mesmo que caia em algum pecado, ele logo se entristece, busca ao Senhor e deseja a restauração de Deus e a mudança de atitude.

O homem feliz foge do caminho dos pecadores porque sabe muito bem que no pecado não estaria sua alegria, seu sucesso, sua felicidade, mas que tudo o que o pecado promete não consegue cumprir. Na realidade, só aumenta mais o vazio de significado em sua vida e seu coração.

Como andar no caminho da felicidade

Você quer andar no caminho da felicidade? Então ande com os que buscam o Senhor e os imite em sua fé piedosa! Conheça pessoas que professam a mesma fé que você e ande com elas!

Problemas virão, tribulações surgirão, pois fazem parte da vida, mas você terá companheiros ao seu lado que poderão te lembrar que Deus está nesta luta e que tudo logo produzirá frutos para a Glória de Deus e nossa eterna felicidade em Cristo!

Seja feliz com quem é de fato feliz e assim poderá provar a abundância da vida que Jesus prometeu e que não se trata de bens materiais ou valores do mundo, mas a abundância de significado pra vida, e o grande vazio preenchido pela água da vida! Esse vazio fará você parecer um louco para o mundo porque muitos poderão te ver pobre de riquezas mas rico de espírito!

Deus nos abençoe e até a próxima!

Lázaro Layson

Pastor Lázaro Layson, Vocacionado por Deus para pastorear a Igreja Batista da Graça, Bacharel em Teologia com especialização em Pregação Expositiva e Aconselhamento Biblico, Chamado a ser sal da terra e luz do mundo como Consultor Empresarial e Professor com Bacharelado em Engenharia Mecânica e Especialista em Gestão de Projetos. Casado com Michelly Suellen e pai de Sarah, Lazaro Filho e Samantha Abigail.

Deixe seu comentário