Não precisa ser sozinho 

 

Confessai, pois, os vossos pecados uns aos outros e orai uns pelos outros, para serdes curados.  Tiago 5:16 

 

Não existe palavra mais perigosa para uma criança ouvir do que “duvido”. Imagine quantas pernas, braços e dentes já não foram quebrados após essa palavra ser mencionada. Uma criança não consegue dimensionar o tamanho da sua força e nem a gravidade das suas escolhas. Tudo lhe parece normal, fácil de fazer e sem nenhum risco!

Quando eu tinha meus 4 anos, morava com meus pais em um apartamento no 10º andar. Um dos meus brinquedos preferidos era minha bicicleta. Porém, morando em um apartamento, praticamente não tinha como usá-lo. Não me lembro, mas certamente essa situação me incomodava. Imagine você ficar olhando para algo que é seu e não poder pegar. Então resolvi mudar isso! Você já voltou em algum lugar depois de muitos anos e se assustou quando viu que tudo era muito menor do que você imaginava? Acho que seria essa a sensação que eu teria se voltasse na sala daquele apartamento. Pois pra mim, ela era enorme! Não vi problema algum em dar uma volta com minha bicicleta por ali mesmo! E foi o que eu fiz. Mas não por muito tempo. Quando estava acabando de contornar a mesa em “alta velocidade”, vi que não ia conseguir fazer a curva e apertei com tudo o freio da frente. Resultado: A bicicleta me arremessou no vidro da porta que dava acesso a varanda. Abri a porta com a testa. Levei 11 pontos.

Quase 25 anos se passaram, mas carrego ainda a marca comigo. Não me importo com ela. Afinal de contas, somente eu e o Harry Potter temos uma dessa. Se o passado nos deixa saudades, ele também pode nos deixar marcas. Às vezes, marcas no coração, na mente, nas nossas emoções e nossos sentimentos. Marcas que são como feridas abertas, pois não cicatrizaram. Marcas que machucam. Marcas que ninguém vê, mas que nem por isso, precisamos carrega-las sozinhos.

Uma das maiores riquezas que podemos receber de Deus são nossos amigos. Amigos novos, que conhecemos há pouco tempo ou amigos velhos, de longa data. Poucos amigos, mas sinceros. Amigos com quem podemos abrir o nosso passado, orarmos pelos nossas feridas e confessarmos os nossos pecados. Amigos que nos ajudam a encontrar em Deus a cura para todas as nossas marcas.  

Oração

Agradeça a Deus por seus amigos. Se você não tem um amigo com quem sinta confiança em compartilhar as suas marcas, peça-o a Deus. Mas lembre-se: Jesus te conhece, conhece as suas feridas, e está disposto a curá-las, inclusive, dando-lhe novas amizades! 

Diego Guerzoni Brusamolim (Xero)

Diego Guerzoni Brusamolim (Xero)

Casado com Camila e pai da Manuela. Presbítero da Igreja Presbiteriana do Brasil em Santa Rita do Sapucaí - MG, onde desenvolve junto de sua esposa um ministério com adolescentes há 8 anos. Líder e fundador do Programa Arte & Vida, projeto social que oferece cursos gratuitos para adolescentes carentes. Líder local do projeto Escola da Vida da Mocidade para Cristo que promove encontros e palestras para alunos, pais e professores. Capelão da Escola Estadual Sanico Teles.

Deixe seu comentário