Sucedeu que, acabando Davi de falar com Saul, a alma de Jônatas se ligou com a de Davi; e Jônatas o amou como à sua própria alma.
(1 Samuel 18:1)

Deve ser estranho pra você imaginar que pessoas viveram toda a sua adolescência e juventude sem terem acesso as redes sociais como Facebook, Instagram, Whatsapp e Snapchat. Diferente de você talvez, eu não faço parte da geração que nasceu com acesso às redes sociais. Sou da geração que as vi nascer. Lembro-me do ICQ, o primeiro programa de comunicação instantânea na internet. Ele se popularizou no Brasil no ano 2000, quando eu tinha meus 13 anos. Na época, não tínhamos acesso à internet no celular. Quer dizer, não tínhamos nem celular. E o acesso no computador também era limitado. Quanto mais você usava, mais você pagava. Dessa forma era difícil usar o programa e mais difícil ainda encontrar algum amigo conectado no mesmo horário que você. Lembro que eu ligava para alguns colegas para combinarmos de conversar pela internet. Talvez você esteja pensando: “mas isso não faz sentido, se você ligou, porque já não falou o que tinha que falar?”. E realmente não fazia sentido nenhum. Pois não usávamos o programa como meio de comunicação. Era apenas uma forma de entretenimento. Toda conversa começava com: “Oi td bem? Quer tc?” Sim, já abreviávamos naquela época. Somos mais antigos, mas não mais burros! Perguntávamos se a pessoa queria teclar, pois na verdade não tínhamos nada pra falar. Queríamos apenas desfrutar da nova tecnologia que nos permitia trocar mensagens usando o nosso computador. O tempo passou e as coisas mudaram! Hoje, 15 anos após a explosão do ICQ, temos centenas de aplicativos que nos permitem estarmos em contato com todos os nossos amigos em todo o tempo através não apenas do computador, mas também de tablets e celulares, trocando mensagens, fotos, áudios, vídeos e arquivos. E o melhor, tudo isso quase que de graça! Hoje sim, eles servem como meio de comunicação. Na verdade, para algumas pessoas, eles se tornaram o único meio, por ser prático e barato. Nos últimos dias temos pensado a respeito da amizade. Temos visto que apesar de termos poucos amigos, eles ocupam lugares especiais em nosso coração. Amigos de longa data e amigos recém-chegados. Todos eles emprestados por Deus para que fossem cuidados e cuidassem de nós. Amizades profundas, reais e sinceras. Amizades que não duram o tempo de uma aula, de um culto em uma igreja, ou de uma reunião no trabalho. Amigos que levamos pra casa, ainda que na maioria das vezes, apenas em pensamentos e através de mensagens. Amigos que permanecem juntos mesmo quando a distância tenta nos separar. Se a tecnologia tem atrapalhado muitas coisas, inclusive algumas amizades, não podemos dizer o mesmo com relação àqueles que agora estão longe. Podemos manter contato, saber como estão, ficar por dentro das novidades e ajudar com aquilo que estão precisando. Tudo isso com apenas alguns cliques! A amizade não precisa acabar aqui. Ela pode superar as mais distantes fronteiras. E as duas coisas que precisamos nós já temos. A primeira: O amor que nos une. E a segunda: O ICQ, quer dizer… ah, você escolhe!

Oração

Lembre-se daqueles que estão distantes, pois mudaram de cidade ou estão em algum lugar onde você não consegue visita-los. Peça a Deus que os abençoe onde eles estiverem e, que não permita que a amizade de vocês esfrie ou até mesmo encerre. Peça a Deus que te ajude a ser um bom amigo mesmo a distância. Se você mudou recentemente, não deixe de manter contato com seus antigos amigos, mas também não deixe de conhecer e fazer novas amizades. Deus tem preparado pessoas especiais pra você!

Diego Guerzoni Brusamolim (Xero)

Diego Guerzoni Brusamolim (Xero)

Casado com Camila e pai da Manuela. Presbítero da Igreja Presbiteriana do Brasil em Santa Rita do Sapucaí - MG, onde desenvolve junto de sua esposa um ministério com adolescentes há 8 anos. Líder e fundador do Programa Arte & Vida, projeto social que oferece cursos gratuitos para adolescentes carentes. Líder local do projeto Escola da Vida da Mocidade para Cristo que promove encontros e palestras para alunos, pais e professores. Capelão da Escola Estadual Sanico Teles.

Deixe seu comentário