Teens

Pastel do Mercado | Novos e velhos, poucos mas sinceros

“Nossa esperança está no Senhor; ele é o nosso auxílio e a nossa proteção. Nele se alegra o nosso coração, pois confiamos no seu santo nome. Esteja sobre nós o teu amor, Senhor, como está em ti a nossa esperança. ”
Salmos 33:20-22

Não faz muito tempo que eu saí da minha adolescência. Lembro-me com muita saudade de algumas coisas que fazíamos, lugares em que íamos e pessoas com quem conversávamos. Tempo bom, muito bom! Mas não é um tempo que gostaria que voltasse. O presente tem sido sempre a melhor época da minha vida! Se eu pudesse, gostaria apenas de rever algumas situações, como em um filme, que podemos ir ao futuro ou ao passado sem sairmos do lugar. E se tem uma cena que gostaria muito de relembrar, eram as saídas da escola para comermos pastel no mercado. Na época, apenas trinta centavos. Era a melhor opção, custo/benefício. Afinal de contas, adolescente é pobre! Juntávamos as moedas de todos e comíamos bem! Porém, antes de sairmos do mercado, já parávamos para fazermos as contas. Quem deve quem e quanto deve. Cada dia era um de nossos colegas que conseguia sair de casa com mais moedas e emprestar para os outros. E esse empréstimo era cobrado. Podíamos esquecer nosso nome, mas não nos esquecíamos de cobrar! Lembro-me que com cada colega tínhamos uma dívida ou um valor a receber. E os valores eram: trinta, cinquenta, setenta centavos. Quando muito, um, ou dois reais. Apesar de ser pouco, para quem não tinha nada, éramos obrigados a cobrar até o último centavo de cada empréstimo.

Ao longo da nossa vida, recebemos muitas coisas. No nosso aniversário, por exemplo, sempre tem um presente nos esperando! Mas nem tudo nos é dado. Algumas coisas são emprestadas. E uma hora, quando menos esperamos, pode ser que tenhamos que devolver. Nossos amigos são exemplos disso! Eles não são nossos. Deus nos emprestou. E quando digo amigo, me refiro a todos eles, a começar com aqueles que moram conosco, nossa família. Deus pode apenas leva-los para longe, o que nos dias de hoje não nos impede de mantermos contato, como Deus pode também os levar para Ele.

Nossos amigos são riquezas emprestadas por Deus. Divida com eles as suas alegrias, suas tristezas, suas conquistas e derrotas. Portanto, não deposite sua esperança, sua vida e seu coração em qualquer um que seja. Se assim vivermos, Deus pode pedi-los de volta, até mesmo nosso pai ou nossa mãe e, apesar da tristeza que sentiremos e da saudade que teremos, isso não nos impedirá de reerguermos e vivermos com alegria com os outros amigos que nos restaram.

Oração

A Bíblia diz que Deus é quem dá e tira a vida. Tenha um tempo de oração e agradeça a Deus por aqueles que Ele te emprestou, mas já tomou. Se você carrega ainda tristeza no seu coração, peça a Deus que te ajude a encontrar sua alegria e esperança nEle. Agradeça também por todos os amigos que estão com você.


Já se inscreveu para a Consciência Cristã 2019? Inscreva-se gratuitamente aqui

Diego Guerzoni Brusamolim (Xero)

Diego Guerzoni Brusamolim (Xero)

Casado com Camila e pai da Manuela. Presbítero da Igreja Presbiteriana do Brasil em Santa Rita do Sapucaí - MG, onde desenvolve junto de sua esposa um ministério com adolescentes há 8 anos. Líder e fundador do Programa Arte & Vida, projeto social que oferece cursos gratuitos para adolescentes carentes. Líder local do projeto Escola da Vida da Mocidade para Cristo que promove encontros e palestras para alunos, pais e professores. Capelão da Escola Estadual Sanico Teles.

Deixe seu comentário